Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Compra antecipada de insumos agrícolas garante rentabilidade e a segurança das culturas

Compra antecipada de insumos agrícolas garante rentabilidade e a segurança das culturas
Compartilhe!

Fertilizantes orgânicos da Ambios gera acréscimo de 12% na produtividade

Crop AgroComunicação | Assessoria Ambios

Mato Grosso estima produzir 84,7 milhões de toneladas de grãos na safra 2024/25. Projeções do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) apontam que o aperfeiçoamento da biotecnologia e do manejo é ponto essencial para manter os avanços na agricultura. Um planejamento cuidadoso e estratégico dos insumos é fundamental para o sucesso a longo prazo na produção.

Agosto e setembro são meses importantes para a tomada de decisão sobre a compra dos insumos agrícolas para a próxima safra. Dados da Agrinvest Commodities apontam que as compras dos fertilizantes em Mato Grosso se encontram avançadas. Cerca de 63 pontos percentuais dos fertilizantes para a safra 2024/25 de soja no estado já foram adquiridos.

Nesse contexto, a compra de insumos agrícolas se destaca como um dos aspectos mais cruciais, exigindo organização e estratégias bem definidas para garantir a qualidade da produção e a otimização dos custos.

O produtor deve estar sempre muito atento à qualidade dos produtos que utiliza, buscando de forma objetiva associar a melhor eficiência com uma ótima relação custo/benefício, como ressalta William Gouveia, Diretor Executivo da Ambios, empresa especializada em fertilizantes orgânicos.

“As linhas de fertilizantes orgânicos da Ambios foram cuidadosamente formuladas para atender às necessidades únicas de cada cultivo. São produtos que garantem ao agricultor uma alta produtividade e lucratividade da lavoura”, destacou.

Ao se antecipar, o produtor consegue programar suas atividades ao longo do ciclo de produção, desde a preparação do solo até a colheita, garantindo que cada etapa seja realizada no momento certo e de maneira eficiente.

Insumos sustentáveis

A Ambios faz parte do grupo agropecuário Natter que tem como valores os cuidados ambientais e a inovação dos produtos através da tecnologia e da ciência. Bom exemplo é a linha de fertilizante orgânico feito à base de peixes de água doce, ricos em aminoácidos. A carcaça dos pescados, que antes era descartada em lixo, vira fertilizante orgânico para a agricultura, podendo ser utilizado nas culturas da soja, milho, algodão, dentre outros.

 A proteína pura do peixe, depois de passar pelo processo de quebra de moléculas, se torna aminoácido que vira na planta uma estrutura de vigor e força para que ela possa enfrentar situações adversas.

“Plantas que recebem esses fertilizantes desde as fases iniciais de crescimentos, tendem a não sentir os estresses climáticos porque já possuem uma reserva de aminoácidos capaz de auxiliar nesses momentos. São produtos que atendem as necessidades nutricionais e fisiológicas das plantas, o que vai garantir uma excelente produtividade e lucratividade, por dar condições para a cultura expressar o seu máximo potencial”, completou Willian.

Resultados comprovados

A Ambios registra resultados excepcionais em todas as nossas linhas de produtos. São fertilizantes desenvolvidos por produtores experientes, formulados à base de componentes orgânicos que nutrem a produtividade, a sustentabilidade e o respeito à vida.

A excelência dos resultados é validada por renomadas empresas de pesquisas técnicas, além dos resultados comprovados nas áreas dos produtores, com acréscimo de 12% na produtividade em comparação com outros tratamentos.

“A Ambios além de fornecer produtos de alta qualidade, com eficiência comprovada e garantida, tem um time especializado de técnicos e agrônomos para assistência técnica e pós-venda. O foco é orientar o produtor na melhor forma e período correto para utilização dos produtos, visando obter o máximo de sua performance no campo”, destacou o Diretor Executivo.

Bagé, RS, 02 de abril de 2019. A viagem promovida pelo Programa de Intercâmbio AgroBrazil da CNA e Farsul levou, os diplomatas até a região da campanha gaúcha, no extremo sul do país, para conhecer a Estância Santa Maria, em Bagé. A propriedade é referência na utilização de sistema integrado de lavoura de soja, arroz e pecuária de corte. Foto: Wenderson Araujo/Trilux

Célio

LIVE OFFLINE
track image
Loading...