Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Richarlison nega ter participado de demissão de Conte: ‘Não fui líder de motim’

Richarlison nega ter participado de demissão de Conte: ‘Não fui líder de motim’
Compartilhe!

O atacante Richarlison negou ter qualquer participação na demissão do técnico Antonio Conte, que deixou o Tottenham no fim de semana. “Não fui líder de motim”, disse o brasileiro, que havia sido apontado como um dos pivôs da saída do treinador pelo canal de TV argentino TyC Sports.

“Não fui líder de motim contra ele, pelo contrário. Sinto não ter rendido o quanto ele esperava de mim e não ter feito o suficiente para que ele permanecesse. Quando ele foi embora, inclusive, mandei uma mensagem agradecendo e desejando sucesso, pois é isso que ele merece”, declarou o brasileiro.

No início da semana, o canal argentino afirmara que Richarlison e o argentino Cristian Romero teriam dado um ultimato para que o clube inglês trocasse o comando da equipe após sequência negativa na temporada. Os dois jogadores teriam ameaçado deixar o time de Londres caso o italiano fosse mantido no cargo.

Richarlison, contudo, negou qualquer ultimato ou ameaça ao clube. “Questionar e criticar um jogador pelo desempenho faz parte do futebol e do esporte, e eu entendo. No entanto, inventar mentiras sobre mim eu não aceito! Sempre tive o máximo respeito pelo Conte e por todos os meus treinadores. Ele ajudou muito na minha vinda aos Spurs e, sempre que tivemos algum problema, ainda que público, resolvemos na base da conversa e do profissionalismo – ele pode confirmar”, afirmou o atacante.

O brasileiro havia demonstrado sua insatisfação com o treinador no início do mês, por ocasião da eliminação para o Milan nas oitavas de final da Liga do Campeões. “Eu vinha bem, de uma sequência boa, com duas vitórias, contra o West Ham e Chelsea. De repente, me colocou no banco. Perguntei o motivo, não falaram nada. Pediu pra eu fazer um teste na academia e falou que, se eu estivesse bem, iria para o jogo. Chegou na hora do jogo e me colocou no banco. Não dá para entender”, disse Richarlison, na zona mista da partida.

“Sou profissional, trabalho todo dia e quero jogar. Falta minuto, falta tempo. Essa temporada está sendo uma m… porque não tenho minutos, sofri um pouco de lesão também, mas quando entro em campo, dou minha vida”, continuou o jogador brasileiro. Contratado pelo clube londrino neste ano, o centroavante tem 27 jogos, mas soma apenas dois gols – ambos pela Liga dos Campeões.

A saída de Conte foi anunciada pelo clube no último domingo. Ao todo, o treinador permaneceu pouco mais de um ano na Inglaterra – entre novembro de 2021 e março de 2023 – com 76 jogos. Somente na temporada de 2022/2023 foram 40 partidas, com 20 vitórias, sete empates e 13 derrotas, mas o Tottenham já está eliminado de todas as Copas e apenas na quarta colocação do Campeonato Inglês.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

LIVE OFFLINE
track image
Loading...