Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Em Brasília, comitiva tenta acelerar obras do aeroporto de Sorriso

Em Brasília, comitiva tenta acelerar obras do aeroporto de Sorriso
Compartilhe!

Acelerar as obras de recuperação e restauração do pátio de aeronaves e da via de serviço no aeroporto regional Adolino Bedin. Foi com esse objetivo que o secretário de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Oliveira, e o adjunto da pasta, Vanderly Rudge Gnoato, estiveram reunidos ontem, 28 de março, com técnicos da Secretaria de Viação Civil (SAC). Além da SAC, os sorrisenses também estiveram na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e na Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) para debater a pauta.

Nas três reuniões, a comitiva sorrisense solicitou a revisão da planilha de custos da obra. O valor estimado para os serviços é de R$ 6,2 milhões. Além disso, também pede ajustes no edital de licitação e a aceleração das obras, aproveitando o período de estiagem que deve ter início em abril. Em uma avaliação da equipe de Sorriso, as obras devem durar cerca de quatro meses, se as solicitações forem atendidas.

Conforme Cláudio, o município busca dar uma resposta ao acelerado crescimento comercial da região. O gestor lembra que Sorriso está em uma posição estratégica no Estado, “o que potencializa o uso de nosso aeroporto e o crescimento de um município automaticamente gera ganhos para todos”, aponta. Segundo ele, a equipe da secretaria de Desenvolvimento Econômico tem identificado uma elevação na procura por voos no aeroporto local. Em janeiro, o prefeito e o secretário estiveram em São Paulo na busca da implantação de um segundo voo comercial, ligando Sorriso à capital paulista.

“Além de buscar acelerar os serviços necessários nesse momento, também estamos pensando e projetando o aeroporto para daqui a 20 anos. Estamos discutindo ampliações necessárias e também situações como concessão de hangares e linhas de acesso para hangares”, explica.

Cláudio e Vanderly foram acompanhados da supervisora aeroportuária, Sandronéia Klauss, do engenheiro Rodrigo Gonsalves, do senador Wellington Fagundes e dos vereadores Maurício Gomes, professor Gilberto e Celso Kosak,

Fonte: Só Notícias
Artigo Original em > www.sonoticias.com.br

LIVE OFFLINE
track image
Loading...