Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Com ‘espião’ no banco, Santos recebe time do Equador para reagir na Sul-Americana

Com ‘espião’ no banco, Santos recebe time do Equador para reagir na Sul-Americana
Compartilhe!

A maior arma do Santos contra a Universidad Católica, do Equador, nesta quarta-feira, está no banco de reservas. O técnico Fabián Bustos fez praticamente toda a sua carreira no futebol equatoriano e conhece como poucos os times do país. Seu conhecimento poderá ser decisivo para a equipe paulista na Vila Belmiro, a partir das 19h15, no duelo válido pela segunda rodada do Grupo C da Copa Sul-Americana.

Bustos é argentino, mas fez sua trajetória como jogador e treinador em solo equatoriano. Dos cinco times que defendeu como atleta, três são do Equador, como o Manta e o Macará, por onde atuou também como técnico. No total, foram oito times em que exerceu a função de treinador, todos do Equador. O Santos é sua primeira equipe fora do país.

Como treinador, Bustos enfrentou a Universidad Católica em 14 jogos, comandando Macará, Manta, Delfin e Barcelona de Guayaquil. O retrospecto é equilibrado, com cinco vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Com tanto conhecimento sobre o futebol equatoriano, Bustos é a principal aposta do Santos para reagir na competição internacional. Na estreia, na semana passada, o time brasileiro perdeu para o Banfield por 1 a 0, na Argentina. Se tropeçar em casa, a equipe da Vila pode se complicar de vez na chave, uma vez que apenas o primeiro colocado da cada grupo avança às oitavas de final.

Se Bustos é o “espião” no banco de reservas, dentro de campo esta tarefa cabe ao meia-atacante Jhojan Julio. O equatoriano, formado na base da LDU, também tem amplo conhecimento sobre o futebol do país vizinho. “Vai ser um jogo bonito. A Católica é sempre uma equipe que propõe o jogo. Já os enfrentei muitas vezes, mas acredito que jogar em casa vai fazer a diferença para nós. O Santos é um time grande com sua torcida e acredito que esse apoio vai ajudar muito”, comentou o equatoriano.

O Santos voltará a jogar em casa após quase um mês. Nas duas últimas partidas, atuou fora de casa, sem sucesso. Além da derrota para o Banfield, empatou sem gols com o Fluminense. Mas o resultado na estreia no Brasileirão não foi lamentado por Bustos. Na avaliação do treinador, o time paulista mostrou evolução na defesa, ao retomar o esquema de dois zagueiros.

Mais uma vez, Maicon e Eduardo Bauermann serão os defensores santistas. Kaiky segue fora, ainda contando com uma proteção nasal, sem previsão de ser liberado pelo departamento médico. A boa notícia está no ataque. Os atacantes Ângelo e Léo Baptistão treinaram normalmente na terça e poderão entrar em campo nesta quarta.

Do outro lado, a Universidad Católica vive situação semelhante a do Santos. Tropeçou na estreia, ao ficar no 0 a 0 com o Unión La Calera. E também precisa dos três pontos para não ver o Banfield ou o próprio La Calera, que se enfrentam nesta rodada, dispararem na chave. Pelo Campeonato Equatoriano, o adversário do Santos vem de goleada sobre o 9 de Octubre, na última rodada.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

LIVE OFFLINE
track image
Loading...