Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Contra o Talleres, Flamengo volta ao Maracanã com missão de reconquistar torcida

Contra o Talleres, Flamengo volta ao Maracanã com missão de reconquistar torcida
Compartilhe!

Pouco mais de uma semana após perder o título carioca para o Fluminense, o Flamengo volta ao Maracanã nesta terça-feira com a missão de reconquistar a torcida. Sob desconfiança, o time comandado por Paulo Sousa enfrenta o Talleres, a partir das 21h30, em duelo válido pela segunda rodada da Libertadores, o primeiro do time carioca como mandante no torneio continental.

Na mesma semana em que cedeu a taça do estadual ao rival tricolor, o Flamengo estreou na Libertadores com uma vitória por 2 a 0 sobre o Sporting Cristal, no Peru, resultado que não serviu para frear a insatisfação de parte da torcida. Na sexta-feira passada, três dias depois do triunfo, torcedores foram ao Ninho do Urubu fazer cobranças e chegaram a vandalizar carros de atletas que passavam por eles na saída do CT.

Então, no sábado, veio o empate por 1 a 1 com o Atlético Goianiense, em Goiânia, na estreia do Brasileirão, fato que colocou mais pressão sobre o elenco e o treinador Paulo Sousa, em meio a uma série de problemas internos vividos pelo clube. Por isso, na volta ao Rio, a delegação desembarcou no Aeroporto do Galeão protegida por um forte esquema de segurança.

“Vamos enfrentar um time que corre muito e joga bem. Vamos descansar para chegar bem. Cada um de nós é muito importante, mas o mais importante vai ser sempre o grupo”, comentou Arrascaeta, poupado das críticas da torcida. “Se enfatizarmos no que é falado de fora para dentro, sempre vão querer criar um ambiente que não existe. Nosso time tem muitos jogadores importantes.Todo mundo quer o melhor para o Flamengo. Não vamos deixar as coisas de fora influenciarem aqui dentro”, completou.

Além da pressão e problemas extracampo, Paulo Sousa tem que lidar com baixas no elenco, principalmente na defesa. O português não terá Gustavo Henrique, em recuperação de uma lesão no quadríceps, e Fabrício Bruno, ainda com um desconforto no pé. Assim, David Luiz, Léo Pereira e Cleiton, promovido do sub-20, são as opções naturais para a zaga, já que Pablo e Rodrigo Caio seguem sem condições de jogo. Filipe Luís, poupado no final de semana e já utilizado como zagueiro, aparece como possível solução.

Adversário do Flamengo, o Talleres também não vive um grande momento. Ainda que tenha estreado na Libertadores com vitória por 1 a 0 sobre o Universidad Católica, a equipe tem a segunda pior campanha do Campeonato Argentino, com cinco pontos somados em nove jogos. No último sábado, foi a campo com um time alternativo para enfrentar o Defensa y Justicia e acabou goleado por 5 a 1.

Outra semelhança do Talleres com o time rubro-negro está no banco de reservas. O treinador da equipe, Pedro Caixinha, é português como Paulo Sousa. Anunciado no final de março, ele é o primeiro lusitano a comandar um time da Argentina. Depois de poupar os principais jogadores no final de semana, Caixinha deve escalar um time parecido com o que foi a campo contra a Universidad Católica, com uma mudança na defesa: Gastón Benavidez deve entrar lugar de Ramiro Gonzáles.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

LIVE OFFLINE
track image
Loading...