Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Athletico bate Libertad em jogo acirrado e abre vantagem na Libertadores

Athletico bate Libertad em jogo acirrado e abre vantagem na Libertadores
Compartilhe!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Athletico bateu o Libertad-PAR por 2 a 1 na noite de hoje (28), na Arena da Baixada, pela partida de ida das oitavas da Copa Libertadores. Diferentemente do que aconteceu na fase de grupos, quando o clube paranaense venceu por 2 a 0, os visitantes não vieram retrancados, proporcionando um embate bem aberto, com chances para os dois lados.

Todos os gols aconteceram na primeira etapa, que foi a melhor. Logo aos 5′, Vitor Roque aproveitou o toque de Terans e, da direita, bateu no alto, tirando Martin Silva da bola e abrindo o placar. Na falha de Pedrinho, Villalba apareceu sozinho para empatar a partida aos 19′. Em cobrança ensaiada, Cuello saiu carregando a bola aos 31′ antes de cruzar. A bola viajou por toda defesa do Libertad antes de encontrar Nicolás Hernandéz, que desviou do jeito que deu para o gol.

O Libertad iniciou melhor, colocando a bola no chão para arquitetar as jogadas, mas o time rubro-negro abriu o placar aos 5′, em sua primeira chegada ao gol, com Vitor Roque. Os visitantes retomaram o controle do jogo e conseguiram o empate aos 19′, na cabeçada de Villalba. O cenário continuou igual até aos 31′, quando Nicolás Hernández recolocou os donos da casa na frente. Os paraguaios parecem ter sentido o golpe, fazendo com que o Rubro-Negro crescesse nos minutos finais da etapa inicial.

Depois da conversa nos vestiários, os visitantes adotaram uma postura menos agressiva nos primeiros 15 minutos. Barboza teve uma chance de cabeça aos 18′, e Melgarejo soltou uma pancada que balançou o travessão no minuto seguinte. Em um erro na saída de bola, Terans teve a chance mais clara para ampliar com um chute da meia-lua, entretanto, Martín Silva fez uma grande defesa e espalmou. Na metade final do segundo tempo, o duelo caiu de ritmo.

O gol do Libertad saiu em vacilo enorme do lateral do CAP. Samudio levantou na área e Villalba apareceu sozinho na segunda trave para mandar de primeira para o fundo da rede. Pedrinho demorou para voltar e deixou o adversário sozinho e em condição legal para marcar o gol. Além disso, o defensor não fez uma boa exibição, pecando demais na marcação e sendo muito tímido no ataque.

Antes da partida de volta, na próxima semana, os times entram em campo neste final de semana. Na última rodada do Apertura, o Libertad visita o Resistencia na sexta (1), às 20h15. No sábado (2), às 21h, o Athletico vai até o Allianz Parque encarar o Palmeiras na 15ª rodada do Brasileirão.

ATHLÉTICO-PR

Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nicolás Hernández e Pedrinho; Hugo Moura, Christian (Erick), e Terans (Vitor Bueno); Vitor Roque (Rômulo), Cuello (Matheus Babi) e Pedro Rocha (Canobbio). T.: Felipão.LIBERTAD-PAR
Martín Silva; Villalba (Franco), Barboza, Diego Vieira e Samudio; Mayada (Iván Piris), Campuzano, Ramón Martínez (Mendieta), Diego Gómez (Merlini) e Diego Melgarejo; Roque Santa Cruz (Óscar Cardozo).

T.: Andrés San Martín.Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Horário: 21h30 (de Brasília) desta terça (28)
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
VAR: Jhon Perdomo (COL)
Gols: Vitor Roque, aos 5’/1ºT (ATH); Villalba, aos 19’/1ºT (LIB); Nicolás Hernández, aos 31’/1ºT (ATH)
Cartões amarelos: Chirstian (ATH); Barboza, Campuzano (LIB).

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

LIVE OFFLINE
track image
Loading...