Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Flu marca no início e bate o Fortaleza, que segue sem vencer no Brasileiro

Flu marca no início e bate o Fortaleza, que segue sem vencer no Brasileiro
Compartilhe!

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Em jogo atípico para o “Dinizismo”, o Fluminense bateu o Fortaleza por 1 a 0 neste domingo (22), no Castelão, com gol de Luiz Henrique. Durante todo o jogo, foi o clube nordestino que dominou as ações ofensivas da partida, mas sempre parava no goleiro Fábio ou nos seus próprios erros.

Com os três pontos conquistados, o Flu chegou aos 11 e subiu para a 7ª colocação. O Tricolor do Pici segue sendo a única equipe sem vencer no campeonato, tem apenas um ponto e amarga a última posição do Brasileirão.

O Fortaleza tem como próximo desafio o Colo Colo-CHI, fora de casa, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, na quarta-feira (25), às 19h. O Fluminense entra em campo pela Copa Sul-Americana, na quinta (26), às 21h30, diante do Oriente Petrolero-BOL.

O torcedor do Fortaleza pode sair na bronca com a derrota, mas não pode falar que faltou entrega ao time. Durante os noventa minutos, a equipe foi mais presente no ataque, criou chances, mas acabou não conseguindo fazer o gol.

O rival adotou um estilo de jogo muito diferente do que prega o treinador Fernando Diniz. Sem ter muito a posse de bola, a equipe apostou numa proposta mais reativa. O gol logo no início ajudou o Flu, que se segurou no jogo e contou com boa atuação do goleiro Fábio para confirmar os três pontos.

O Fortaleza começou o jogo pressionando o Fluminense pressionando no campo de ataque. Contudo, na primeira chegada Flu no contra-ataque, o gols saiu. Nathan ganha segunda bola após corte errado da zaga do Fortaleza e carregou para o ataque. Ele tocou para Luiz Henrique, que driblou Juninho Capixaba e finalizou no canto para abrir o placar.

O gol não desanimou o Fortaleza que seguiu pressionando o Fluminense. Na primeira boa chegada, o Tricolor do Pici tocou bem a bola até achar Moisés na direita. Ele tocou para trás e Juninho Capixaba acertou a bola no travessão.

Pouco depois, em cobrança de escanteio, a bola sobrou no meio da área para Romero finalizar. O gringo bateu forte, mas Fábio saiu abafando e evitou o empate.
Em toda primeira etapa, a única finalização correta do Flu resultou no gol marcado. De resto, a equipe não conseguiu levar perigo à meta dos anfitriões.

No começo do segundo tempo, um lance curioso. Moises disparou para o ataque Nino tentava fazer a marcação quando sentiu uma lesão na coxa. Imediatamente, o atacante do Fortaleza parou o lance e deixou a torcida enfurecida. Os jogadores em campo, no entanto, aplaudiram a atitude.

Pouco depois de abdicar de um lance de ataque, Moises chegou a empatar o jogo para o Fortaleza. Após receber bola na intermediária, o jogador carregou e, de fora da área, bateu forte, no canto e bateu Fábio.
Contudo, o VAR chamou Daronco que reviu o lance e apontou uma falta de Landázuri em Yago Felipe, na origem da jogada e o gol foi cancelado.

O Fortaleza seguia pressionando buscando o empate, mas seguia sem ter sucesso em suas tentativas, mesmo que com mais volume de jogo.
Numa das raras jogadas ofensivas do Flu, Wellington lançou na área para Cano, que dominou, driblou o zagueiro e finalizou para o gol com perfeição. No entanto, o VAR anulou apontando impedimento do argentino. Pouco depois, Yago Felipe perdeu chance de ampliar a vantagem carioca.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 0 X 1 FLUMINENSE
Motivo: 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileira
Data: 22 de maio de 2022 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS), Michael Stanislau (RS)
VAR: Rafael Traci (SC)
Cartões Amarelos: Lucas Lima (FOR); David Braz (FLU)
Gol: Luiz Henrique, do Fluminense, aos 9 minutos do primeiro tempo.

FORTALEZA
Max Walef; Landázuri (Lucas Crispim), Marcelo Benevenuto, Titi (Matheus Jussa); Yago Pikachu, Hércules (Róbson), José Welison, Lucas Lima, Juninho Capixaba; Silvio Romero (Renato Kayzer), Moisés (Depietri). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

FLUMINENSE
Fábio; Yago Felipe, Nino (Luccas Claro), David Braz, Marlon; André, Wellington, Nathan (Samuel Xavier); Ganso (Nonato); Luiz Henrique (Caio Paulista), Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

LIVE OFFLINE
track image
Loading...